Criolo gordo: paródia ao rapper paulista

Logo depois do fim de semana que marcou a consagração de Criolo no Rio – o show no Circo Voador, lotado, com 3 mil pessoas, teve todas músicas cantadas em uníssono pelo público -, dou de cara com uma paródia à versão do Criolo para “Cálice”, do Chico Buarque. “Criolo Gordo” faz uma tosca e hilária versão em que só fala sobre comida:

 

Aqui, a versão do Criolo, que foi parar na nova turnê do Chico Buarque (ele canta os versos do cantor paulista e emenda com os originais de sua canção).

A homenagem do Chico ao Criolo

Na estréia da turnê do CD mais recente, Chico, em Belo Horizonte, no sábado, Chico Buarque homenageou o rapper paulista, ao citar a versão de Criolo para o clássico “Cálice”:

“Afasta de mim a biqueira, pai
Afasta de mim as biate, pai
Afasta de mim a cocaine, pai
Pois na quebrada escorre sangue, pai”

Aqui a versão do Criolo:

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.