Criolo e Caetano no VMB

Dia de folga, planejei mil coisas, não fiz nada. Às vezes eu ADORO fazer nada.

Agora à noite, aproveitei pra me atualizar um pouco. E aí que eu curti bastante o Criolo com o Caetano no VMB ontem:

O Criolo vem passando por um processo curioso, nos últimos tempos. “Não existe amor em SP” foi lançada e virou logo viral nas mídias sociais. Na sequência, o disco dele, Nó na orelha, foi baixado por tanta  gente no lançamento que o servidor não deu conta. Foi parar na até na capa da Serafina, a revista pra ricos da Folha de S. Paulo. E aí de repente ele começou a ser criticado por causa do “hype”.

Eu fui mais uma a conhecer o trabalho dele através de “Não existe amor”. Depois, fui no YouTube catar outras músicas e achei legal. Quando o disco saiu, baixei e gosto bastante. Não é a coisa mais revolucionária do mundo, mas quem disse que ele se propõe a isso? O anti-hype também dá muita preguiça…

Semana que vem, ele se apresenta pela primeira vez aqui no Rio, no Studio RJ, e vou poder conferir ao vivo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.